Universidade estadual de campinas


Núcleo de Estudos da População



Descargar 4.56 Mb.
Página81/95
Fecha de conversión03.12.2017
Tamaño4.56 Mb.
1   ...   77   78   79   80   81   82   83   84   ...   95

Núcleo de Estudos da População

H0803

CAMINHAR E ESCUTAR: UMA TRILHA PARA CONHECER A CIDADE


Fábio Rocha Campos e Prof. Dr. Eduardo José Marandola Junior (Orientador), Núcleo de Estudos da População - NEPO, UNICAMP
Escutar a cidade hoje, é perceber um universo de sons artificiais e/ou naturais. É viver em ambientes sonoros agradáveis e por muitas vezes desagradáveis. É se incomodar com o tráfego excessivo de automóveis e se tranqüilizar com o silêncio que um bosque ou área verde proporciona. Para perceber estas nuances existencialmente é necessário ouvir a cidade, caminhando por ela. O caminhar possibilita ao homem perceber e sentir as paisagens que a cidade revela. Seguindo nossa tradição ocidental, as paisagens ainda são apreendidas substancialmente pela visão, estando ela ligada diretamente aos geógrafos. No entanto, a experiência ambiental da cidade se dá por todos os sentidos (tato, audição, visão, olfato e paladar) sendo, portanto, fundamental ampliar o sentido de paisagem e cidade, ampliando seus significados. A paisagem também é sonora, e esta é uma forma importante de conhecer e apreender a cidade. Partindo deste entendimento, utilizamos a soundwalk (trilha sonora) como método de conhecer e escutar a cidade. Elaboramos e executamos uma trilha no bairro Cambuí, em Campinas, pontuando e significando os lugares, tornando o escutar o condutor do caminhar. Esta experiência revela um sentido da cidade vivida e percebida pelo pé e pelo ouvido, dando novos contornos e significados à paisagem do bairro e da cidade.

Experiência urbana - Paisagem sonora - Soundwalk

H0804

TRAMA, PERSONAGENS E LUGARES: UMA EXPERIÊNCIA LITERÁRIA DE KYOTO


Priscila Marchiori Dal Gallo e Prof. Dr. Eduardo José Marandola Junior (Orientador), Núcleo de Estudos da População - NEPO, UNICAMP
A trama literária é elaborada no entrelaçamento dos personagens e dos lugares. Elementos indissociáveis, eles constituem o próprio fio narrativo, contaminando-se mutuamente, à medida que as características de um podem ser reveladas no outro. Essa associação entre personagens, lugares e trama é a chave para acompanhar a construção narrativa de Kyoto, romance do japonês Yasunari Kawabata. A obra apresenta a cidade a partir do cotidiano de suas personagens. A partir da sua experiência, o autor projeta uma imagem da cidade, indissociável das personagens e de sua forma particular de esperienciâ-la. A imagem da cidade revela aspectos que permitem pensar a forma própria da experiência do espaço pelos japoneses, envoltos no conflito-coexistência da tradição e da modernidade, do oriente e do ocidente, aspecto relevante da narrativa de Kawabata. Eles convivem com duas visões de mundo, transitam espacialmente entre dois tempos e duas culturas, o que lhes confere uma noção própria sobre as cidades, os lugares e sua geograficidade.

Geografia e literatura - Esperiência - Japão

H0805

CONTRIBUIÇÃO DOS DOMICÍLIOS DE UMA E DUAS PESSOAS NO TAMANHO MÉDIO DE DOMICÍLIO


Yuzo Artur Sakanoue Hatori (Bolsista IC CNPq) e Profa. Dra. Elisabete Doria Bilac (Orientadora), Núcleo de Estudos da População - NEPO, UNICAMP
No artigo “Size and Age Structure of Family Households: Exploratory Comparisons”, Simon Kuznets, desenvolve um método que permite a comparação das contribuições dos domicílios de diferentes tamanhos para o tamanho médio total obtido. Aplicando este método na análise comparativa das características domiciliares da RMC e da RMBS, inicialmente calculamos a média de adultos por domicílios para ambas as regiões encontrando 2,63 e 2,33 respectivamente. Verificamos também que a contribuição dos domicílios unipessoais para estas médias é de –0,16 (para a RMC) e –0,26 (para a RMBS) e as dos domicílios de duas pessoas é de –0,15 e –0,16 respectivamente. Estes dados significam que na RMC o tamanho médio dos domicílios sofre uma redução de 6,1% em função da presença dos domicílios unipessoais e de 5,7% em função da presença dos domicílios de duas pessoas. Já na RMBS o tamanho médio dos domicílios sofre uma redução de 11,2% em função dos domicílios unipessoais e 6,9% em função da presença dos domicílios de duas pessoas ou mais.

Tamanho médio de domicílio - Campinas - Santos

H0806

IMIGRAÇÃO INTERNACIONAL E DINÂMICA DEMOGRÁFICA PAULISTA NO TEMPO DO CAFÉ


Dafne Sponchiado Firmino da Silva (Bolsista IC CNPq) e Profa. Dra. Maria Silvia Casagrande Beozzo Bassanezi (Orientadora), Núcleo de Estudos da População - NEPO, UNICAMP
Este trabalho dá continuidade ao estudo da dinâmica demográfica em Campinas e suas relações com os processos sócio-econômicos, tendo como fonte os Anuários Demógrafos Sanitários (1901-1928), publicados pela Diretoria do Serviço Sanitário do Estado de São Paulo. Nesta fase, focalizamos a mortalidade no período que se segue às grandes epidemias de febre amarela que assolaram Campinas no final do século XIX, segundo as variáveis: sexo, idade, nacionalidade, cor e causa morte. Essas variáveis não foram publicadas nos anuários com a mesma uniformidade e continuidade no período; a partir de 1913 que são mais abrangentes. Após a análise das possibilidades oferecidas pela fonte, a digitação dos dados, elaboração de tabelas e gráficos e respectiva análise, verificaram-se diferenciais de mortalidade: por sexo, por idade e nacionalidade. Entre brasileiros e estrangeiros, esses diferenciais deviam-se não só a problemas de adaptação a terra, mas à estrutura etária de ambos os grupos e ao local de residência rural ou urbana. Além disso, a mortalidade no período era afetada pelas políticas públicas de saúde, que estavam subordinadas aos interesses cafeeiros, preocupando-se mais com o controle de epidemias e diminuição das endemias e menos com as condições de vida e higiene da população, que afetavam principalmente as crianças.

Demografia histórica - Imigração internacional - São Paulo

H0807

TEKOHA GUARANI NO ESTADO DE SP: HISTÓRIA E DINÂMICA POPULACIONAL


Claudeni Fabiana Alves Pereira (Bolsista PIBIC/CNPq) e Profa. Dra. Marta Maria do Amaral Azevedo (Orientadora), Núcleo de Estudos da População - NEPO, UNICAMP
A existência de povos indígenas no Estado de SP é pouco conhecida. Nesse sentido, o que se sabe a respeito desses povos, muitas vezes, são noções idealizadas e preconceituosas. A maior população indígena vivendo em território indígena nesse estado é os povos Guarani Ñandeva, Guarani Mbyá e os autodenominados Tupi-Guarani - são povos distintos que compõem um povo maior, denominado de Guarani. Este trabalho examinou a história e dinâmica populacional recente (século XX) desses povos em SP; investigou os deslocamentos espaciais e ocupação de novos territórios, bem como fissão de antigos grupos locais, e concluiu que estes processos estão baseados na maneira Guarani de atribuir significação aos territórios, ou seja, mesmo com a influência da sociedade que os envolve persiste o modo de vida Guarani - teko, contrariando noções comuns. Para tanto, houve sistematização de dados populacionais e históricos e realização de entrevistas dos líderes das comunidades focadas pelo projeto: Rio Silveira (em Bertioga), Rio Branco e Aldeinha (em Itanhaém) e Piaçaguera (em de Peruíbe). A partir das análises dessas histórias de vida e informações históricas e populacionais, foram elaboradas genealogias feitas a partir de cada etapa de vida, mapas e esquemas analíticos. Com isto, procuramos contribuir para o conhecimento da formação histórica das aldeias guarani em SP e discussão metodológica.

Demografia - Antropologia - Dinamica populacional

H0808

INTENÇÕES E DECISÕES REPRODUTIVAS NO CONTEXTO DO HIV


Vivian dos Santos Alves Matosinho (Bolsista IC CNPq) e Profa. Dra. Regina Maria Barbosa (Orientadora), Núcleo de Estudos da População - NEPO, UNICAMP
A temática desse estudo privilegia a discussão sobre desejo e decisão reprodutiva de mulheres no contexto do HIV, tendo como principais objetivos compreender a relação entre a condição sorológica e o desejo de ter filhos, apreender os significados do desejo reprodutivo e entender o processo de realização desse desejo. Em relação à abordagem da pesquisa, em andamento, trata-se de um estudo qualitativo, que se apóia, sobretudo, no acompanhamento da discussão na literatura acadêmica e na análise de conteúdo de entrevistas em profundidade, tendo como principal referencial teórico o conceito de direitos reprodutivos. Os resultados preliminares apontam que o desejo de ter filhos não mudaria significativamente com a condição de soropositivo, contudo, exerceria um peso determinante sobre as decisões reprodutivas. Percebe-se ainda que, múltiplas e distintas dimensões influenciariam o processo de realização desse desejo, mostrando que o campo das decisões reprodutivas ultrapassaria a dimensão privada. Assim, para compreender a concretização do desejo da maternidade nesse contexto particular faz-se necessário considerar fundamentalmente o papel desempenhado pelas instituições médicas, pelo contexto sócio-econômico e cultural e pelas relações interpessoais, principalmente.

Desejo - Maternidade - Direitos reprodutivos



Núcleo de Estudos de Políticas Públicas

H0809

AÇÕES ESTATAIS PARA A DIMINUIÇÃO DA POBREZA: UM OLHAR SOBRE AS MULHERES


Luciana Ramirez da Cruz (Bolsista IC CNPq) e Profa. Dra. Lilia Terezinha Montali (Orientadora), Núcleo de Estudos de Políticas Públicas - NEPP, UNICAMP
O estudo analisa as políticas públicas para a redução da pobreza através de programas de transferência de renda tendo como foco do estudo as mulheres. A análise das desigualdades de gênero está presente, sob o olhar, tanto da desigualdade no mercado de trabalho em relação às dificuldades de inserção e ao subemprego aos quais as mulheres se submetem; os discursos estatais sobre a mulher e sua relação com os programas de transferência de renda – o Bolsa Família – como também dos novos arranjos familiares que colocam a mulher como responsável pela manutenção e gestão dos domicílios. Como elementos norteadores, utilizo as concepções sobre: família e as mudanças nos arranjos familiares; as modificações no mercado de trabalho e a inserção da força de trabalho feminina a partir da década de 1990; os arranjos mais vulneráveis à pobreza, centrando nos arranjos nucleados por casais e nos arranjos chefiados por mulheres sem cônjuge - eixos do Projeto Central. Ainda como norteador, realizo a análise sobre o Estado como provedor do bem estar social nas políticas sociais e de transferência de renda. Como procedimento metodológico, esse estudo realiza levantamento bibliográfico sobre as transformações na família, indicadores de condições de vida e de pobreza, e sobre os programas de transferência de renda, tendo por referência empírica os dados da PNAD 2006.

Relação família-trabalho - Mulher chefe de família - Políticas públicas



Núcleo Interdisciplinar de Informática Aplicada à Educação

H0810

LETRAMENTO DIGITAL EM FOCO: DESIGN DE INTERAÇÃO NA CONSTRUÇÃO DE UM WEB-DOCUMENTÁRIO


Ravena Sena Maia (Bolsista PIBIC/CNPq), Hermes Renato Hildebrand e Profa. Dra. Fernanda Maria Pereira Freire (Orientadora), Núcleo Interdisciplinar de Informática Aplicada à Educação - NIED, UNICAMP
Este trabalho visa a elaboração de um web-documentário que relata o processo de letramento digital de uma professora do ensino fundamental de uma escola pública do município de Campinas (SP), tomando-o como um caso específico para a análise dos conceitos de design de interação. Com este estudo, pretende-se desenvolver alternativas de linguagem visual e interatividade que possibilitem uma interface gráfica que torne possível a comunicação entre o usuário e o respectivo conteúdo de maneira organizada, estruturada e acessível, levando em consideração demandas socioculturais e de inclusão digital.

Design de interação - Web-documentário - Letramento digital





Compartir con tus amigos:
1   ...   77   78   79   80   81   82   83   84   ...   95


La base de datos está protegida por derechos de autor ©psicolog.org 2019
enviar mensaje

    Página principal
Universidad nacional
Curriculum vitae
derechos humanos
ciencias sociales
salud mental
buenos aires
datos personales
Datos personales
psicoan lisis
distrito federal
Psicoan lisis
plata facultad
Proyecto educativo
psicol gicos
Corte interamericana
violencia familiar
psicol gicas
letras departamento
caracter sticas
consejo directivo
vitae datos
recursos humanos
general universitario
Programa nacional
diagn stico
educativo institucional
Datos generales
Escuela superior
trabajo social
Diagn stico
poblaciones vulnerables
datos generales
Pontificia universidad
nacional contra
Corte suprema
Universidad autonoma
salvador facultad
culum vitae
Caracter sticas
Amparo directo
Instituto superior
curriculum vitae
Reglamento interno
polit cnica
ciencias humanas
guayaquil facultad
desarrollo humano
desarrollo integral
redes sociales
personales nombre
aires facultad